Torbay, o destino litorâneo na Inglaterra

Quem sonha em fazer seu intercâmbio na terra da rainha, mas prefere cidades menores do que cosmopolita e agitada Londres, precisa pensar em Torbay, a charmosa “Riviera Inglesa. A pequena cidade litorânea, localizada na parte sul da região de Devon, é um destino que agrada a todos os tipos de público, desde os jovens, até os maduros, …

Torbay, o destino litorâneo na Inglaterra Leia mais »

Um tesouro australiano chamado Perth

Escolher uma cidade para estudar e morar na Austrália é uma tarefa deliciosamente difícil. Isso porque, além de seguro, limpo, receptivo e convicto, o país ainda é abençoado por belezas naturais fascinantes. O fato de a Austrália ser considerada uma ilha e não fazer fronteira terrestre a com ninguém permite que seja banhado por dois …

Um tesouro australiano chamado Perth Leia mais »

Voluntariado no intercâmbio: uma transformação pessoal, do outro e do mundo

Quem está disposto a levar um pouco do seu tempo e seus conhecimentos para iniciar um intercâmbio com voluntariado tem oportunidade participar de uma experiência única, estendendo sua mão a causas sociais, humanitárias, ou de conservação do Planeta, enquanto aprende outra língua.  Além de ser um meio de disseminar o bem e contribuir para uma …

Voluntariado no intercâmbio: uma transformação pessoal, do outro e do mundo Leia mais »

E o Oscar vai para: Nova Zelândia!

A trilogia cinematográfica “O Senhor dos Anéis”, baseada na obra literária de J. R. R. Tolkien, usou como locação paisagens deslumbrantes da Nova Zelândia para representar a Terra Média: na Ilha Norte, Matamata e Wellington; na Ilha Sul, Nelson, Canterbury e Mackenzie Country, Southern Lakes e Fiordland. Não é por acaso que a Nova Zelândia …

E o Oscar vai para: Nova Zelândia! Leia mais »

Filhos são como as águias, ensinarás a voar… e por que não para o Canadá?

Quem já não ouviu que devemos criar filhos para o mundo, torná-los autônomos, independentes, responsáveis, decididos? E se esse mundo fosse seguro, desenvolvido, organizado, com os maiores índices de qualidade de vida? Ficaria mais fácil. Esse lugar existe e se chama Canadá. Uma das melhores escolhas em termos de educação internacional para pais e filhos, …

Filhos são como as águias, ensinarás a voar… e por que não para o Canadá? Leia mais »

A dois passos do paraíso… talvez você fique por lá

    Cairns é uma cidade australiana paradisíaca, daquelas que a gente acha que só existe em revista de turismo. Fica no litoral do estado de Queensland, à costa nordeste da Austrália, porta de entrada da Grande Barreira de Corais, consagrado “Patrimônio da Humanidade” pela Unesco. É uma obra de arte da natureza, de água …

A dois passos do paraíso… talvez você fique por lá Leia mais »

Um brinde à Irlanda não só por ter inventado a Guinness!

Sabia que é mais rápido embarcar para a Irlanda para estudar e trabalhar do que tirar a segunda via do seu RG? A Ilha Esmeralda, além de ser um dos países mais receptivos de toda a Europa, é dona de uma diversidade cultural única, paisagens naturais, riquezas arquitetônicas e, graças a sua desburocratização, está de …

Um brinde à Irlanda não só por ter inventado a Guinness! Leia mais »

Planejar é decidir de antemão qual é e como será a sua vitória

Aquele velho pensamento de que “viagem para o exterior não é para mim” ou “eu nunca terei condições de fazer intercâmbio” ficou no passado – e bem distante. Quem realmente tem essa vontade de estudar e viver no exterior pode se programar de diversas formas para realizar esse objetivo. Não há segredo algum na realização …

Planejar é decidir de antemão qual é e como será a sua vitória Leia mais »

Idade não é a que a gente tem, mas a que a gente sente

Ninguém que queira explorar novos caminhos por meio do intercâmbio é novo ou velho demais para isso. O jovem de 14 anos que já tenha essa vontade de estudar no exterior, ou os já avôs ou avós podem, e devem, buscar orientação para saber que tudo é possível. Para os adolescentes que já expressam o …

Idade não é a que a gente tem, mas a que a gente sente Leia mais »

Falar inglês é o que menos importa para começar o intercâmbio

É hora de acabar com a ideia pré-concebida de que é preciso estudar inglês aqui no Brasil, pelo menos por alguns meses, antes de viajar. Não é necessário, de forma alguma. A falta de  conhecimento da língua inglesa não interfere em absolutamente em nada no projeto do intercâmbio. Pelo contrário: começar do zero, com professores nativos, faz …

Falar inglês é o que menos importa para começar o intercâmbio Leia mais »