Fique em casa, mas fique estudando!

Situações desafiadoras não são novidades para nós brasileiros, e nem impeditivos para ir em busca de nossos objetivos. E embora o momento peça isolamento, nós podemos aproveitá-lo para dar corpo aos nossos projetos, planejar com calma e deixar tudo pronto para apertar o botão “start” quando a crise for embora. Pensando em todos aqueles que estavam com o sonho do intercâmbio prestes a se concretizar, a KM trouxe novidades para transformar este sentimento de incerteza em oportunidade.

Muitos de nossos parceiros no exterior estão promovendo aulas online para que os futuros intercambistas se preparem oficialmente para aqueles programas que exigem certo nível de inglês inicial ou ainda simplesmente para já vivenciarem desde agora o ambiente que vão encontrar presencialmente no país escolhido.

Os professores nativos que ministram as aulas online são os mesmos que os estudantes encontrarão pessoalmente quando ingressarem na escola.
As vantagens de se começar os programas já aqui do Brasil começam com as financeiras, uma vez que os estudantes não irão gastar com acomodação, não precisarão de visto, transportes e refeições.

Para quem pensa em um College no Canadá, por exemplo, é obrigatório comprovar o nível de inglês com um certificado de proficiência (Ielts, Toefl etc.) ou com o Pathway, e o estudo online em casa, daqui do Brasil, será válido para ingressar nestes programas.

Em instituições como a ILAC e a VanWest College, localizadas no Canadá, o teste online para ingressar nos programas de College ou em inglês acadêmico é gratuito.
Para aqueles estudantes que já possuem bom nível de inglês e pensam em ingressar no College, mas precisam de uma adaptação de inglês apenas, algumas instituições parceiras no Canadá estão aceitando a matrícula do College e concedendo até oito semanas de inglês gratuitamente para esses estudantes!

Já a escola LSI, com unidades em todos os continentes, oferece aulas de inglês, francês e alemão online em diversos fusos horários, com professores de nível nativo e certificados. Além das aulas, também há atividades online para que os alunos tenham a oportunidade de praticar ainda mais idiomas estrangeiros.

E falando de destinos tradicionalmente escolhidos para visto de estudo e trabalho, como a Austrália, Nova Zelândia e Irlanda, a grande maioria das escolas destes países já está promovendo aulas online para os intercambistas aproveitarem o momento de resguardo para assim se preparar antes de viajar. Embora chegar em um desses países estrangeiros sem falar uma palavra de Inglês não seja impeditivo para as atividades, é muito interessante se preparar antes, pois facilitará ainda mais a adaptação.

Agora é a hora: fique em casa e fique estudando para fortalecer suas asas para voar!

Deixe um comentário

avatar